SAMSUMG GALAXY FOLD O PRIMEIRO SMARTFONE DOBRÁVEL NO BRASIL

Depois de muito tempo após seu lançamento o primeiro smartfone dobrável chega em terras tupiniquins, trazendo a novidade de telas dobráveis e hardware parrudo, lançando no Brasil nesta quarta feira dia 22 de janeiro direto pelo site da Samung do Brasil pela bagatela de R$12999,00 um preço bem caro como é de praxe em nosso país por causa dos altos impostos em eletrônicos já que o preço lá fora gira em torno de U$2000,00 dólares em torno de 8400,00 reais e conversão direta e pasmem venderam todo estoque em 24 horas.

O Galaxy Fold conseguiu ultrapassar o título de smartfone mais caro do Brasil em seu lançamento superando o Iphone 11 com preço inicial de 10000,00 reais, foi um recorde de vendas em 24 horas pelo seu preço.

Mas que tem de tão especial nesse smartfone que vale o preço dos rins? Faz algum tempo que a indústria de smartphone não tinha uma real inovação e sim um upgrade em hardware, melhor câmera, melhor sensor, melhor processador e isso o mercado não tinha muita diferenciação algo que tornasse um diferencial e a Samsung veio para trazer uma inovação que foi a tela dobrável que é um novo conceito de smartphone/tablet com uma tela mais ampla para consumo de conteúdo na Internet, vídeos, fotos, filmes e outras coisas mais.

Contando com processador Snapdragon 855 de oito núcleos, 12GB de ram, 512gm de armazenamento interno sem opção de cartão de memória, com um conjunto de seis câmeras: três na traseira (16 MP + 12 MP + 12 MP), duas na parte interna (10 MP + 8 MP) e uma na parte externa (10 MP), conta com duas telas uma interna com 7,3 polegadas dobrável e uma tela frontal de 4.3 que seria considerado uma tela pequena para os padrões de hoje, mas a proposta e usar o smartphone como um espécie de tablet que cabe no seu bolso.

Mas além desse Galaxy Fold o que esperar dos smartfones dobráveis? Muitas empresas estão correndo atrás de lançar as suas versões dobráveis, um exemplo a gigante Motorola que está desenvolvendo uma versão do clássico Motorola Razr V3 que foi um celular que foi muito vendido na empresa no passado e a Motorola quer viver esta nostalgia relançando um smartphone com tela dobrável,

Porém devido a dificuldades de produzir já que telas dobráveis ainda é uma tecnologia difícil para os fabricantes tanto para fabricar como é uma tecnologia cara e isso explica os valores dos dobráveis serem muito caros mesmo lá fora do Brasil.

A própria Motorola já realizou adiamento do seu produto, provavelmente eles querem refinar seu smartfones e evitar os problemas que a Samsung enfrentou antes do lançamento do Fold em que enviou o smartfones para jornalistas e Youtubers do ramo de tecnologia onde existiam falhas de projeto que ocasionaram alguns acidentes que claro foram resolvidos antes do lançamento oficial.

A Xiomi também está com projeto grandioso de laçar seu dobrável com uma tela em 360º graus o MI MIX ALPHA onte vai contar com uma câmera absurda de 108 Megapixel (pra quê câmera DSRL? Não é mesmo?), porém o lançamento foi adiado sem previsão de lançamento, especula-se que o preço seria em torno de U$3000,00 em torno de 12600,00 em conversão direta sem considerar impostos e frete.

A Huawei pouco conhecida no Brasil mas que tem bons smartfones também esta trabalhado no seu Mate X que tem o mesmo conceito do Galaxy Fold, porém eles estão a passos curto pois eles não querem passar pela experiência que a Samsung sofreu antes do lançamento.

E você o que acha desses smartfones dobráveis são tendencia do futuro ou só moda do momento? Deixe sue comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *