FIM DO SUPORTE WINDOWS 7 E AGORA?

Essa semana a Microsoft encerrou seu suporte ao Windows mais precisamente dia 14 de Janeiro de 2020. Foi um sistema operacional utilizado por vários usuários durante uma década, lançado em 22 de outro de 2019 o Windows 7 não vai mais receber atualizações de segurança e nem compatibilidade com hardware posteriores, ou seja, serão apenas como lembranças.

O windows 7 teve como proprosta substituir o seu antecessor que foi o Windows Vista que foi um fracasso comercial por ser um sistema muito pesado para grande parte do hardware da época vindo como uma proposta de um Windows Vista repaginado e mais leve.

MAS E AGORA? MEU WINDOWS VAI PARA DE FUNCIONAR?

A resposta é não, o sistema que está instalado continuará funcionando normalmente porém não irá receber mais atualizações tanto de recursos como de segurança e pelo fato de não ter mais o suporte da atualização de segurança o sistema se tornará um fonte vulnerável a ataque de hackers.

Alem disso com passar do tempo, os programas do dia a dia poderá não ter mais compatibilidade com o Windows 7 e software também não terão, basta notar um simples exemplo como computadores e notebooks que vem com Windows 10 instalado não tem drivers para download em seus sites para Windows 7, pois deixa claro que o equipamento não será compatível com ele. Da mesma forma que adquirir um hardware mais moderno também não terá compatibilidade.

O QUE FAZER AGORA?

Umas das recomendações é migrar para um sistema atual como Windows 10 pois além de um sistema que possui atualizações constantes tanto de seguranças, recursos e correções o sistema apresenta uma interface amigável em relações a versões anteriores do sistema.

Apesar dos seus tropeços o Windows 10 esta muito melhor nos dias de hoje e ainda por cima mais otimizado para suportar variados hardwares novos no mercado principalmente em relação a processadores com vários núcleos e treads, discos SSD, telas dobráveis ou equipamentos hibrídos com telas sensiveis ao toque (Notebook que viram tablet).

DEVO FAZER UPGRADE OU COMPRAR UM NOVO HARDWARE?

Depende muito da configuração do seu hardware pois o Windows 10 ele consome mais recursos com Windows 7, pois isso é natural pois o custo de produção de hardware diminui e itens considerados de alta performasse acabam se tornando padrão do mercado e preços acessíveis.

Para rodar o Windows 10 basta ter os requisitos necessários conforme a imagem abaixo para você aproveitar o máximo dos recursos.

Ideal mas não é regra se for um equipamento de entrada e tiver mais de três anos, compensa sim troca para um hardware mais atual já com Windows 10 incluso, pois o sistema não é gratuito é necessário adquiri uma licença para utilizar que pode ser adquirida no site da microsoft e acredito que todo mundo vai adquirir de forma idônea, caso você resolva comprar um equipamento sem sistema e instalar a parte.

Mas se seu equipamento é recente ou tem hardware parrudo que atende as especificações vale a pena fazer upgrade do Windows 10, e o mais bacana que você pode instalar o Windows sem precisar formatar seu equipamento, bastando apenas criar um pendrive de instalação através do software Media Creation Tools que pode ser baixado no próprio site da Microsoft ou através do link:https://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=691209

MAS POR QUE FAZEM ISSO?

COMO ISSO AFETA A INDUSTRIA DE TECNOLOGIA?

Apesar do sistema ser bom quando ele é desenvolvido, ele é pensado para tecnologia da época com o tempo elas evoluem de foma acelerada seja um recurso ou uma hardware novo, por mais que o sistema sofra atualizações ele terá sua limitação que esta na sua base de desenvolvimento e sem falar que para tanto a Microsof como para as fabricantes de hardware sofrem com custos financeiros de adaptações do sistema para que o dispositivo se torne compatível. Com fim do suporte as empresas terão foco em atender uma demanda com uma tecnologia melhor entregando cada vez mais inovação e com preços mais acessíveis.

E você ainda utiliza o Windows 7, pretende migrar, o que acho desse artigo? Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *